Curso

Queixas comuns no atendimento à demanda espontânea e urgências e/ou emergências na Atenção Primária à Saúde 2

Acesso pelo smartphone
Certificado de Conclusão

MATRÍCULA

22/06/2021 a 29/11/2021


INÍCIO DO CURSO

22 de junho de 2021


FINAL DO CURSO

04 de janeiro de 2022


CARGA HORÁRIA

30 horas


RECURSOS

15


0% concluído

Olá!


“Queixas comuns no atendimento à demanda espontânea e urgências e/ou emergências na Atenção Primária à Saúde 2” faz parte do programa “Acolhimento com classificação de risco na Atenção Primária à Saúde”. Através deste programa, será possível compreender a importância da classificação de risco e vulnerabilidades para a organização do trabalho na Atenção Primária à Saúde (APS).


Este curso permitirá a compreensão quanto às diferenças entre situações de urgência/ prioridades, a fim de realizar o adequado diagnóstico e tratamento em casos de doenças de pele, rinossinusites e síndromes gripais, sangramento genital anormal, tonturas e vertigens, bem como a forma adequada de proceder com o encaminhamento para um nível de atenção de maior complexidade, quando necessário.


E atenção! “Acolhimento com classificação de risco na Atenção Primária à Saúde” possui 04 (quatro) cursos de carga horária independente. (A)O aluna(o) poderá obter a certificação de cada curso concluído individualmente ou da carga horária total do Programa (120 horas) uma vez concluídos todos os cursos que o compõem. Consulte ofertas disponíveis no seu Ambiente Virtual.


A seguir, consulte as temáticas a serem abordadas:


  1. Adequando o acesso à demanda espontânea;
  1. Doenças de pele (Infecções herpéticas; Escabiose; Infecções secundárias; Doenças Exantemáticas);
  1. Rinossinusites e síndromes gripais;
  1. Sangramento genital anormal;
  1. Tonturas e vertigens (abordagem clássica e abordagem alternativa).


Estratégias de avaliação do curso:


A avaliação será composta por atividades formativas e somativas.

As atividades formativas estão distribuídas ao longo dos recursos educacionais e não geram notas, mas auxiliam na verificação da sua aprendizagem como, por exemplo, a situação-problema pré e pós-teste (obrigatória). As atividades somativas são aquelas que contabilizam nota.


Para este curso, serão disponibilizados:


  1. 01 (uma) Situação-problema: no início e ao final do curso, sob a forma de pré e pós-teste;

  1. 01 (uma) Atividade formativa disponível em 01 (um) recurso educacional do curso;

  1. 01 (uma) Atividade somativa com 05 itens de pesos distintos, totalizando 100 pts.


Atenção: O Ambiente Virtual de Aprendizagem disponibilizará 03 (três) tentativas para responder a cada atividade somativa e 01 (uma) tentativa para a situação-problema e atividades formativas.


Ao final deste curso, você será capaz de reconhecer a classificação de risco e vulnerabilidades, o diagnóstico e o tratamento dos usuários que apresentam queixas comuns relativas à demanda espontânea e urgências e/ou emergências na Atenção Primária à Saúde, com destaque para as doenças de pele, rinossinusites/síndromes gripais, sangramento genital anormal e tonturas/vertigens.

Neste curso, será possível acessar e-books, painel de fotos, material em PDF e questionário.

Para obter a certificação, a(o) aluna(o) deverá alcançar média igual ou superior a 70% nas atividades avaliativas somativas disponíveis para este curso, conforme descrito no item “Estratégia de Avaliação”. Em acréscimo, deverá concluir o Questionário de Avaliação do Curso, responder à situação-problema (pré e pós-teste), além de navegar em todos os recursos educacionais disponíveis no AVA. 
 
O certificado do módulo/curso será disponibilizado para download em até 72 horas após a conclusão do curso. A (o) aluna(o) deve buscar a opção “Certificação” no ambiente de aprendizagem do curso, e clicar em “Gerar Certificado”. 
MINISTÉRIO DA SAÚDE

Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde

Validadoras técnicas

Carolina Vaccari Simaan

Josefa de Jesus Oliveira

Rosany Ferreira Rios Fonseca


Coordenação-geral de Garantia dos Atributos da Atenção Primária do Departamento de Saúde da Família

Validadoras técnicas

Adriana Paula de Almeida

Erika Rodrigues de Almeida


Departamento de Saúde Coletiva da Universidade de Brasília - UNB

Validadora técnica

Claudia Brandão


UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA


Reitor

Prof. Dr. Natalino Salgado Filho


Diretoria de Tecnologias na Educação - DTED

Profa. Dra. Ana Emilia Figueiredo de Oliveira


Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA


Coordenação Geral

Ana Emilia Figueiredo de Oliveira


Gestão de projetos

Amanda Rocha Araújo


Coordenação de Produção Pedagógica

Paola Trindade Garcia


Coordenação de Ofertas Educacionais

Elza Bernardes Monier


Coordenação de Tecnologia da Informação

Mário Antônio Meireles Teixeira


Coordenação de Comunicação

José Henrique Coutinho Pinheiro